quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

1ª Leitura - At 22,3-16 - 25.01.2017

Conversão de São Paulo, Apóstolo . Festa
25 de Janeiro de 2017
Cor: Branco

Levanta-te, recebe o batismo e purifica-te dos teus pecados,
invocando o nome de Jesus.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 22,3-16

Naqueles dias, Paulo disse ao povo:
3"Eu sou judeu, nascido em Tarso da Cilícia,
mas fui criado aqui nesta cidade.
Como discípulo de Gamaliel,
fui instruído em todo o rigor da Lei
de nossos antepassados,
tornando-me zeloso da causa de Deus,
como acontece hoje convosco.
4Persegui até à morte os que seguiam este Caminho,
prendendo homens e mulheres
e jogando-os na prisão.
5Disso são minhas testemunhas o Sumo Sacerdote
e todo o conselho dos anciãos.
Eles deram-me cartas de recomendação
para os irmãos de Damasco.
Fui para lá,
a fim de prender todos os que encontrasse
e trazê-los para Jerusalém,
a fim de serem castigados.
6Ora, aconteceu que, na viagem,
estando já perto de Damasco, pelo meio dia,
de repente uma grande luz que vinha do céu
brilhou ao redor de mim.
Caí por terra e ouvi uma voz que me dizia:
`Saulo, Saulo, por que me persegues?'
8Eu perguntei:
`Quem és tu, Senhor?'
7Ele me respondeu:
`Eu sou Jesus, o Nazareno,
a quem tu estás perseguindo'.
9Meus companheiros viram a luz,
mas não ouviram a voz que me falava.
10Então perguntei:
`Que devo fazer, Senhor?'
O Senhor me respondeu:
`Levanta-te e vai para Damasco.
Ali te explicarão tudo o que deves fazer'.
11Como eu não podia enxergar,
por causa do brilho daquela luz,
cheguei a Damasco
guiado pela mão dos meus companheiros.
12Um certo Ananias, homem piedoso e fiel à Lei,
com boa reputação
junto de todos os judeus que aí moravam,
13veio encontrar-me e disse:
`Saulo, meu irmão, recupera a vista!'
No mesmo instante, recuperei a vista e pude vê-lo.
14Ele, então, me disse:
`O Deus de nossos antepassados
escolheu-te para conheceres a sua vontade,
veres o Justo e ouvires a sua própria voz.
15Porque tu serás a sua testemunha
diante de todos os homens, daquilo que viste e ouviste.
16E agora, o que estás esperando?
Levanta-te, recebe o batismo
e purifica-te dos teus pecados, invocando o nome dele!'"
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

1ª Leitura - Hb 10,1-10 - 24.01.2017

3ª-feira da 3ª Semana do Tempo Comum
24 de Janeiro de 2017
S. Francisco de Sales BDr, memória
Cor: Branco

Eis que eu venho, ó Deus, para fazer a tua vontade.

Leitura da Carta aos Hebreus 10,1-10

Irmãos:
1A Lei possui apenas o esboço dos bens futuros
e não o modelo real das coisas.
Também, com os seus sacrifícios sempre iguais
e sem desistência repetidos cada ano,
ela é totalmente incapaz de levar à perfeição
aqueles que se aproximam para oferecê-los.
2Se não fosse assim,
não se teria deixado de oferecê-los,
se os que prestam culto, uma vez purificados,
já não tivessem nenhuma consciência dos pecados?
3Mas, ao contrário,
é por meio destes sacrifícios que, anualmente,
se renova a memória dos pecados,
4pois é impossível eliminar os pecados
com o sangue de touros e bodes.
5Por isso, ao entrar no mundo, Cristo afirma:
'Tu não quiseste vítima nem oferenda,
mas formaste-me um corpo.
6Não foram do teu agrado holocaustos
nem sacrifícios pelo pecado.
7Por isso eu disse: Eis que eu venho.
No livro está escrito a meu respeito:
Eu vim, ó Deus, para fazer a tua vontade.'
8Depois de dizer:
'Tu não quiseste nem te agradaram
vítimas, oferendas, holocaustos, sacrifícios pelo pecado'
- coisas oferecidas segundo a Lei -
9ele acrescenta: 'Eu vim para fazer a tua vontade'.
Com isso, suprime o primeiro sacrifício,
para estabelecer o segundo.
10É graças a esta vontade que somos santificados
pela oferenda do corpo de Jesus Cristo,
realizada uma vez por todas.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

1ª Leitura - Hb 9,15.24-28 - 23.01.2017

2ª-feira da 3ª Semana do Tempo Comum
23 de Janeiro de 2017
Cor: Verde

Cristo, oferecido uma vez por todas, para tirar os pecados da multidão,
aparecerá uma segunda vez, fora do pecado,
para salvar aqueles que o esperam.

Leitura da Carta aos Hebreus 9,15.24-28

Irmãos:
15Cristo é mediador de uma nova aliança.
Pela sua morte, ele reparou as transgressões
cometidas no decorrer da primeira aliança.
E, assim, aqueles que são chamados
recebem a promessa da herança eterna.
24Jesus não entrou num santuário feito por mão humana,
imagem do verdadeiro,
mas no próprio céu,
a fim de comparecer, agora, na presença de Deus,
em nosso favor.
25E não foi para se oferecer a si muitas vezes,
como o sumo sacerdote que, cada ano,
entra no Santuário com sangue alheio.
26Porque, se assim fosse,
deveria ter sofrido muitas vezes,
desde a fundação do mundo.
Mas foi agora, na plenitude dos tempos,
que, uma vez por todas, ele se manifestou
para destruir o pecado pelo sacrifício de si mesmo.
27O destino de todo homem é morrer uma só vez,
e depois vem o julgamento.
28Do mesmo modo, também Cristo,
oferecido uma vez por todas,
para tirar os pecados da multidão,
aparecerá uma segunda vez, fora do pecado,
para salvar aqueles que o esperam.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

1ª Leitura - Is 8,23b-9,3 - 22.01.2017

3º Domingo do Tempo Comum
22 de Janeiro de 2017
Cor: Verde

Na Galiléia, o povo viu brilhar uma grande luz.

Leitura do Livro do Profeta Isaías 8,23b-9,3

23bNo tempo passado o Senhor humilhou
a terra de Zabulon
e a terra de Neftali;
mas recentemente cobriu de glória o caminho do mar,
do além-Jordão e da Galiléia das nações.
9,1O povo, que andava na escuridão,
viu uma grande luz;
para os que habitavam nas sombras da morte,
uma luz resplandeceu.
2Fizeste crescer a alegria,
e aumentaste a felicidade;
todos se regozijam em tua presença
como alegres ceifeiros na colheita,
ou como exaltados guerreiros ao dividirem os despojos.
3Pois o jugo que oprimia o povo,
- a carga sobre os ombros, o orgulho dos fiscais -
tu os abateste como na jornada de Madió.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

1ª Leitura - Hb 9,2-3.11-14 - 21.01.2017

Sábado da 2ª Semana do Tempo Comum
21 de Janeiro de 2017
Cor: Verde

Com o seu próprio sangue,
ele entrou no Santuário uma vez por todas.

Leitura da Carta aos Hebreus 9,2-3.11-14

Irmãos:
2Foi construída uma primeira tenda,
chamada o Santo,
onde se encontravam o candelabro,
a mesa e os pães da proposição.
3Atrás da segunda cortina, havia outra tenda,
chamada o Santo dos Santos.
11Cristo, porém, veio como sumo sacerdote dos bens futuros.
Através de uma tenda maior e mais perfeita,
que não é obra de mãos humanas,
isto é, que não faz parte desta criação,
12e não com o sangue de bodes e bezerros,
mas com o seu próprio sangue,
ele entrou no Santuário uma vez por todas,
obtendo uma redenção eterna.
13De fato, se o sangue de bodes e touros,
e a cinza de novilhas espalhada sobre os seres impuros
os santifica e realiza a pureza ritual dos corpos,
14quanto mais o Sangue de Cristo,
purificará a nossa consciência das obras mortas,
para servirmos ao Deus vivo,
pois, em virtude do espírito eterno,
Cristo se ofereceu a si mesmo a Deus
como vítima sem mancha.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

1ª Leitura - Hb 8,6-13 - 20.01.2017

6ª-feira da 2ª Semana do Tempo Comum
20 de Janeiro de 2017
Cor: Verde

Cristo é o mediador de uma aliança bem melhor.

Leitura da Carta aos Hebreus 8,6-13

Irmãos:
6Agora, Cristo possui um ministério superior.
Pois ele é o mediador de uma aliança bem melhor,
baseada em promessas melhores.
7De fato, se a primeira aliança fosse sem defeito,
não se procuraria estabelecer uma segunda.
8Com efeito, Deus adverte:
'Dias virão, diz o Senhor, em que concluirei
com a casa de Israel e com a casa de Judá
uma nova aliança.
9Não como a aliança que eu fiz com os seus pais,
no dia em que os conduzi pela mão
para fazê-los sair da terra do Egito.
Pois eles não permaneceram fiéis à minha aliança;
por isso, me desinteressei deles, diz o Senhor.
10Eis a aliança que estabelecerei com o povo de Israel,
depois daqueles dias - diz o Senhor:
colocarei minhas leis na sua mente
e as gravarei no seu coração,
e serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.
11Ninguém mais ensinará o seu próximo,
e nem o seu irmão, dizendo:
'Conhece o Senhor!'.
Porque todos me conhecerão, desde o menor até o maior.
12Porque terei misericórdia das suas faltas,
e não me lembrarei mais dos seus pecados.'
13Assim, ao falar de nova aliança,
declarou velha a primeira.
Ora, o que envelhece e se torna antiquado
está prestes a desaparecer.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

1ª Leitura - Hb 7,25 - 8,6 - 19.01.2017

5ª-feira da 2ª Semana do Tempo Comum
19 de Janeiro de 2017
Cor: Verde

Cristo ofereceu sacrifícios uma vez por todas,
oferecendo-se a si mesmo.

Leitura da Carta aos Hebreus 7,25 - 8,6

Irmãos:
25Jesus é capaz de salvar para sempre
aqueles que, por seu intermédio, se aproximam de Deus.
Ele está sempre vivo para interceder por eles.
26Tal é precisamente o sumo sacerdote que nos convinha:
santo, inocente, sem mancha,
separado dos pecadores
e elevado acima dos céus.
27Ele não precisa, como os sumos sacerdotes
oferecer sacrifícios em cada dia,
primeiro por seus próprios pecados
e depois pelos do povo.
Ele já o fez uma vez por todas, oferecendo-se a si mesmo.
28A Lei, com efeito,
constituiu sumos sacerdotes sujeitos à fraqueza,
enquanto a palavra do juramento, que veio depois da Lei,
constituiu alguém que é Filho, perfeito para sempre.
8,1O tema mais importante da nossa exposição é este:
temos um sumo sacerdote tão grande,
que se assentou à direita do trono da majestade, nos céus.
2Ele é ministro do Santuário e da Tenda verdadeira,
armada pelo Senhor,
e não por mão humana.
3Todo sumo sacerdote, com efeito, é constituído
para oferecer dádivas e sacrifícios;
portanto, é necessário que tenha algo a oferecer.
4Na verdade, se Cristo estivesse na terra,
não seria nem mesmo sacerdote,
pois já existem os que oferecem dádivas de acordo com a Lei.
5Estes celebram um culto
que é cópia e sombra das realidades celestes,
como foi dito a Moisés,
quando estava para executar a construção da Tenda.
'Vê, faze tudo segundo o modelo
que te foi mostrado sobre a montanha'.
6Agora, porém, Cristo possui um ministério superior.
Pois ele é o mediador de uma aliança bem melhor,
baseada em promessas melhores.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB