sábado, 30 de abril de 2016

1ª Leitura - At 15,1-2.22-29 - 01.05.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
6º Domingo da Páscoa
Cor: Branco

Decidimos, o Espírito Santo e nós, não vos impor
nenhum fardo, além das coisas indispensáveis.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 15,1-2.22-29
Naqueles dias:
1Chegaram alguns da Judéia
e ensinavam aos irmãos de Antioquia, dizendo:
'Vós não podereis salvar-vos,
se não fordes circuncidados,
como ordena a Lei de Moisés.'
2Isto provocou muita confusão, e houve
uma grande discussão de Paulo e Barnabé com eles.
Finalmente, decidiram que Paulo, Barnabé
e alguns outros fossem a Jerusalém,
para tratar dessa questão
com os apóstolos e os anciãos.
22Então os apóstolos e os anciãos,
de acordo com toda a comunidade de Jerusalém,
resolveram escolher alguns da comunidade
para mandá-los a Antioquia, com Paulo e Barnabé.
Escolheram Judas, chamado Bársabas, e Silas,
que eram muito respeitados pelos irmãos.
23Através deles enviaram a seguinte carta:
'Nós, os apóstolos e os anciãos, vossos irmãos,
saudamos os irmãos vindos do paganismo
e que estão em Antioquia
e nas regiões da Síria e da Cilícia.
24Ficamos sabendo que alguns dos nossos
causaram perturbações com palavras
que transtornaram vosso espírito.
Eles não foram enviados por nós.
25Então decidimos, de comum acordo,
escolher alguns representantes
e mandá-los até vós,
junto com nossos queridos irmãos Barnabé e Paulo,
26homens que arriscaram suas vidas
pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo.
27Por isso, estamos enviando Judas e Silas,
que pessoalmente vos transmitirão a mesma mensagem.
28Porque decidimos, o Espírito Santo e nós,
não vos impor nenhum fardo,
além destas coisas indispensáveis:
29abster-se de carnes sacrificadas aos ídolos,
do sangue, das carnes de animais sufocados
e das uniões ilegítimas.
Vós fareis bem se evitardes essas coisas.
Saudações!'
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

sexta-feira, 29 de abril de 2016

1ª Leitura - At 16,1-10 - 30.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
Sábado da 5ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

'Vem à Macedônia e ajuda-nos!'

Leitura dos Atos dos Apóstolos 16,1-10

Naqueles dias:
1Paulo foi para Derbe e Listra.
Havia em Listra um discípulo chamado Timóteo,
filho de uma judia, crente, e de pai grego.
2Os irmãos de Listra e Icônio
davam bom testemunho de Timóteo.
3Paulo quis então que Timóteo partisse com ele.
Tomou-o consigo e circuncidou-o,
por causa dos judeus que se encontravam nessas regiões,
pois todos sabiam que o pai de Timóteo era grego.
4Percorrendo as cidades,
Paulo e Timóteo transmitiam as decisões
que os apóstolos e anciãos de Jerusalém haviam tomado.
E recomendavam que fossem observadas.
5As igrejas fortaleciam-se na fé
e, de dia para dia, cresciam em número.
6Paulo e Timóteo atravessaram a Frígia
e a região da Galácia,
pois o Espírito Santo os proibira
de pregar a Palavra de Deus na Ásia.
7Chegando perto da Mísia,
eles tentaram entrar na Bitínia,
mas o Espírito de Jesus os impediu.
8Então atravessaram a Mísia
e desceram para Trôade.
9Durante a noite, Paulo teve uma visão:
na sua frente, estava de pé
um macedônio que lhe suplicava:
'Vem à Macedônia e ajuda-nos!'
10Depois dessa visão,
procuramos partir imediatamente para a Macedônia,
pois estávamos convencidos
de que Deus acabava de nos chamar
para pregar-lhes o Evangelho.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quinta-feira, 28 de abril de 2016

1ª Leitura - At 15,22-31 - 29.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
6ª-feira da 5ª Semana da Páscoa
Sta. Catarina de Sena VgDra, memória
Cor: Branco

Decidimos, o Espírito Santo e nós, não vos impor
nenhum fardo, além das coisas indispensáveis.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 15,22-31

Naqueles dias:
22Pareceu bem aos apóstolos e aos anciãos,
de acordo com toda a comunidade de Jerusalém,
escolher alguns da comunidade
para mandá-los a Antioquia, com Paulo e Barnabé.
Escolheram Judas, chamado Bársabas, e Silas,
que eram muito respeitados pelos irmãos.
23Através deles enviaram a seguinte carta:
'Nós, os apóstolos e os anciãos, vossos irmãos,
saudamos os irmãos vindos do paganismo
e que estão em Antioquia
e nas regiões da Síria e da Cilícia.
24Ficamos sabendo que alguns dos nossos
causaram perturbações com palavras
que transtornaram vosso espírito.
Eles não foram enviados por nós.
25Então decidimos, de comum acordo,
escolher alguns representantes
e mandá-los até vós,
junto com nossos queridos irmãos Barnabé e Paulo,
26homens que arriscaram suas vidas
pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo.
27Por isso, estamos enviando Judas e Silas,
que pessoalmente vos transmitirão a mesma mensagem.
28Porque decidimos, o Espírito Santo e nós,
não vos impor nenhum fardo,
além destas coisas indispensáveis:
29abster-se de carnes sacrificadas aos ídolos,
do sangue, das carnes de animais sufocados
e das uniões ilegítimas.
Vós fareis bem se evitardes essas coisas.
Saudações!'
30Depois da despedida,
Judas e Silas foram para Antioquia,
reuniram a assembléia e entregaram a carta.
31A sua leitura causou alegria,
por causa do estímulo que trazia.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quarta-feira, 27 de abril de 2016

1ª Leitura - At 15,7-21 - 28.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
5ª-feira da 5ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

Sou de parecer que devemos parar de importunar
os pagãos que se convertem a Deus.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 15,7-21

Naqueles dias:
7Depois de longa discussão,
Pedro levantou-se e falou aos apóstolos e anciãos:
'Irmãos, vós sabeis que, desde os primeiros dias,
Deus me escolheu, do vosso meio,
para que os pagãos ouvissem de minha boca
a palavra do Evangelho e acreditassem.
8Ora, Deus, que conhece os corações,
testemunhou a favor deles,
dando-lhes o Espírito Santo como o deu a nós.
9E não fez nenhuma distinção entre nós e eles,
purificando o coração deles mediante a fé.
10Então, por que vós agora colocais Deus à prova,
querendo impor aos discípulos um jugo
que nem nossos pais e nem nós mesmos
tivemos força para suportar?
11Ao contrário, é pela graça do Senhor Jesus
que acreditamos ser salvos,
exatamente como eles.'
12Houve então um grande silêncio em toda a assembléia.
Depois disso, ouviram Barnabé e Paulo
contar todos os sinais e prodígios
que Deus havia realizado,
por meio deles, entre os pagãos.
13Quando Barnabé e Paulo terminaram de falar,
Tiago tomou a palavra e disse:
'Irmãos, ouvi-me:
14Simão acaba de nos lembrar como, desde o começo,
Deus se dignou tomar homens das nações pagãs
para formar um povo dedicado ao seu Nome.
15Isso concorda com as palavras dos profetas,
pois está escrito:
16Depois disso, eu voltarei
e reconstruirei a tenda de Davi que havia caído;
reconstruirei as ruínas que ficaram e a reerguerei,
17a fim de que o resto dos homens
procure o Senhor com todas as nações
que foram consagradas ao meu Nome.
É o que diz o Senhor, que fez estas coisas,
18conhecidas há muito tempo'.
19Por isso, sou do parecer
que devemos parar de importunar
os pagãos que se convertem a Deus.
20Vamos somente prescrever
que eles evitem o que está contaminado pelos ídolos,
as uniões ilegítimas, comer carne de animal sufocado
e o uso do sangue.
21Com efeito, desde os tempos antigos,
em cada cidade, Moisés tem os seus pregadores,
que o lêem todos os sábados nas sinagogas.'
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

terça-feira, 26 de abril de 2016

1ª Leitura - At 15,1-6 - 27.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
4ª-feira da 5ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

Decidiram que Paulo, Barnabé e alguns outros fossem a Jerusalém,
para tratar dessa questão com os apóstolos e anciãos.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 15,1-6

Naqueles dias:
1Chegaram alguns da Judéia
e ensinavam aos irmãos de Antioquia, dizendo:
'Vós não podereis salvar-vos, se não fordes circuncidados,
como ordena a Lei de Moisés.'
2Isto provocou muita confusão,
e houve uma grande discussão de Paulo e Barnabé com eles.
Finalmente, decidiram que Paulo, Barnabé e alguns outros
fossem a Jerusalém, para tratar dessa questão
com os apóstolos e os anciãos.
3Depois de terem sido acompanhados pela comunidade,
Paulo e Barnabé atravessaram a Fenícia e a Samaria.
Contaram sobre a conversão dos pagãos,
causando grande alegria entre todos os irmãos.
4Chegando a Jerusalém,
foram recebidos pelos apóstolos e os anciãos,
e narraram as maravilhas
que Deus tinha realizado por meio deles.
5Alguns, dos que tinham pertencido ao partido dos fariseus
e que haviam abraçado a fé,
levantaram-se e disseram
que era preciso circuncidar os pagãos
e obrigá-los a observar a Lei de Moisés.
6Então, os apóstolos e os anciãos
reuniram-se para tratar desse assunto.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

segunda-feira, 25 de abril de 2016

1ª Leitura - At 14,19-28 - 26.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
3ª-feira da 5ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

Reuniram a comunidade.
Contaram-lhe tudo o que Deus fizera por meio deles.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 14,19-28

Naqueles dias:
19De Antioquia e Icônio chegaram judeus
que convenceram as multidões.
Então apedrejaram Paulo
e arrastaram-no para fora da cidade,
pensando que ele estivesse morto.
20Mas, enquanto os discípulos o rodeavam,
Paulo levantou-se e entrou na cidade.
No dia seguinte, partiu para Derbe com Barnabé.
21Depois de terem pregado o Evangelho naquela cidade
e feito muitos discípulos,
voltaram para Listra, Icônio e Antioquia
22Encorajando os discípulos,
eles os exortavam a permanecerem firmes na fé,
dizendo-lhes: 'É preciso
que passemos por muitos sofrimentos
para entrar no Reino de Deus'.
23Os apóstolos designaram presbíteros para cada comunidade.
Com orações e jejuns, eles os confiavam ao Senhor,
em quem haviam acreditado.
24Em seguida, atravessando a Pisídia,
chegaram à Panfília.
25Anunciaram a palavra em Perge,
e depois desceram para Atália.
26Dali embarcaram para Antioquia,
de onde tinham saído, entregues à graça de Deus,
para o trabalho que haviam realizado.
27Chegando ali, reuniram a comunidade.
Contaram-lhe tudo o que Deus fizera por meio deles
e como havia aberto a porta da fé para os pagãos.
28E passaram então algum tempo com os discípulos.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

domingo, 24 de abril de 2016

1ª Leitura - 1Pd 5,5b-14 - 25.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
São Marcos, Evangelista . Festa
Cor: Vermelho

Saúda-vos Marcos, meu filho.

Leitura da Primeira Carta de São Pedro 5,5b-14

Caríssimos:
5bRevesti-vos todos de humildade
no relacionamento mútuo,
porque Deus resiste aos soberbos,
mas dá a sua graça aos humildes.
6Rebaixai-vos, pois, humildemente,
sob a poderosa mão de Deus,
para que, na hora oportuna, ele vos exalte.
7Lançai sobre ele toda a vossa preocupação,
pois é ele quem cuida de vós.
8Sede sóbrios e vigilantes.
O vosso adversário, o diabo,
rodeia como um leão a rugir,
procurando a quem devorar.
9 Resisti-lhe, firmes na fé,
certos de que iguais sofrimentos
atingem também os vossos irmãos pelo mundo afora.
10Depois de terdes sofrido um pouco,
o Deus de toda a graça,
que vos chamou para a sua glória eterna, em Cristo,
vos restabelecerá e vos tornará firmes,
fortes e seguros.
11A ele pertence o poder,
pelos séculos dos séculos. Amém.
12Por meio de Silvano,
que considero um irmão fiel junto de vós,
envio-vos esta breve carta, para vos exortar
e para atestar que esta é a verdadeira graça de Deus,
na qual estais firmes.
13A Igreja que está em Babilônia,
eleita como vós,
vos saúda, como também, Marcos, o meu filho.
14Saudai-vos uns aos outros
com o abraço do amor fraterno.
A paz esteja com todos vós que estais em Cristo.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

sábado, 23 de abril de 2016

1ª Leitura - At 14,21b-27 - 24.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
5º Domingo da Páscoa
Cor: Branco

Contaram à comunidade tudo o
que Deus fizera por meio deles.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 14,21b-27

Naqueles dias: Paulo e Barnabé,
21bvoltaram para as cidades de Listra, Icônio e Antioquia.
22Encorajando os discípulos,
eles os exortavam a permanecerem firmes na fé,
dizendo-lhes: 'É preciso
que passemos por muitos sofrimentos
para entrar no Reino de Deus'.
23Os apóstolos designaram presbíteros para cada
comunidade.
Com orações e jejuns, eles os confiavam ao Senhor,
em quem haviam acreditado.
24Em seguida, atravessando a Pisídia,
chegaram à Panfília.
25Anunciaram a palavra em Perge,
e depois desceram para Atália.
26Dali embarcaram para Antioquia,
de onde tinham saído, entregues à graça de Deus,
para o trabalho que haviam realizado.
27Chegando ali, reuniram a comunidade.
Contaram-lhe tudo o que Deus fizera por meio deles
e como havia aberto a porta da fé para os pagãos.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

sexta-feira, 22 de abril de 2016

1ª Leitura - At 13,44-52 - 23.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
Sábado da 4ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

Vamos dirigir-nos aos pagãos.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 13,44-52

44No sábado seguinte, quase toda a cidade se reuniu
para ouvir a palavra de Deus.
45Ao verem aquela multidão,
os judeus ficaram cheios de inveja
e, com blasfêmias, opunham-se ao que Paulo dizia.
46Então, com muita coragem,
Paulo e Barnabé declararam:
'Era preciso anunciar a palavra de Deus primeiro a vós.
Mas, como a rejeitais
e vos considerais indignos da vida eterna,
sabei que nos vamos dirigir aos pagãos.
47Porque esta é a ordem que o Senhor nos deu:
'Eu te coloquei como luz para as nações,
para que leves a salvação
até os confins da terra'.'
48Os pagãos ficaram muito contentes,
quando ouviram isso,
e glorificavam a palavra do Senhor.
Todos os que eram destinados à vida eterna,
abraçaram a fé.
49Desse modo, a palavra do Senhor
espalhava-se por toda a região.
50Mas os judeus instigaram as mulheres ricas e religiosas,
assim como os homens influentes da cidade,
provocaram uma perseguição contra Paulo e Barnabé
e expulsaram-nos do seu território.
51Então os apóstolos sacudiram contra eles
a poeira dos pés, e foram para a cidade de Icônio.
52Os discípulos, porém, ficaram cheios de alegria
e do Espírito Santo.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quinta-feira, 21 de abril de 2016

1ª Leitura - At 13,26-33 - 22.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
6ª-feira da 4ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

A promessa que Deus fez
ele a cumpriu quando ressuscitou Jesus.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 13,26-33

Naqueles dias, tendo chegado a Antioquia da Pisídia,
Paulo disse na sinagoga:
26Irmãos, descendentes de Abraão,
e todos vós que temeis a Deus,
a nós foi enviada esta mensagem de salvação.
27Os habitantes de Jerusalém e seus chefes
não reconheceram a Jesus
e, ao condená-lo, cumpriram as profecias
que se lêem todos os sábados.
28Embora não encontrassem nenhum motivo
para a sua condenação,
pediram a Pilatos que fosse morto.
29Depois de realizarem tudo o que a Escritura diz
a respeito de Jesus,
eles o tiraram da cruz e o colocaram num túmulo.
30Mas Deus o ressuscitou dos mortos
31e, durante muitos dias, ele foi visto
por aqueles que o acompanharam
desde a Galiléia até Jerusalém.
Agora eles são testemunhas de Jesus diante do povo.
32Por isso, nós vos anunciamos este Evangelho:
a promessa que Deus fez aos antepassados,
33ele a cumpriu para nós, seus filhos,
quando ressuscitou Jesus,
como está escrito no salmo segundo:
'Tu és o meu filho, eu hoje te gerei'.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quarta-feira, 20 de abril de 2016

1ª Leitura - At 13,13-25 - 21.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
5ª-feira da 4ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

Da descendência de Davi Deus fez surgir
para Israel um Salvador, que é Jesus.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 13,13-25

13Paulo e seus companheiros embarcaram em Pafos
e chegaram a Perge da Panfília.
João deixou-os e voltou para Jerusalém.
14Eles, porém, partindo de Perge,
chegaram a Antioquia da Pisidia.
E, entrando na sinagoga em dia de sábado, sentaram-se.
15Depois da leitura da Lei e dos Profetas,
os chefes da sinagoga mandaram dizer-lhes:
'Irmãos, se vós tendes alguma palavra
para encorajar o povo, podeis falar.'
16Paulo levantou-se,
fez um sinal com a mão e disse:
'Israelitas e vós que temeis a Deus, escutai!
17O Deus deste povo de Israel
escolheu os nossos antepassados
e fez deles um grande povo
quando moravam como estrangeiros no Egito;
e de lá os tirou com braço poderoso.
18E, durante mais ou menos quarenta anos,
cercou-os de cuidados no deserto.
19Destruiu sete nações na terra de Canaã
e passou para eles a posse do seu território,
20por quatrocentos e cinqüenta anos aproximadamente.
Depois disso, concedeu-lhes juízes, até ao profeta Samuel.
21Em seguida, eles pediram um rei
e Deus concedeu-lhes Saul, filho de Cis,
da tribo de Benjamim,
que reinou durante quarenta anos.
22Em seguida, Deus fez surgir Davi como rei
e assim testemunhou a seu respeito:
'Encontrei Davi, filho de Jessé,
homem segundo o meu coração,
que vai fazer em tudo a minha vontade.'
23Conforme prometera, da descendência de Davi
Deus fez surgir para Israel um Salvador,
que é Jesus.
24Antes que ele chegasse,
João pregou um batismo de conversão
para todo o povo de Israel.
25Estando para terminar sua missão,
João declarou: 'Eu não sou aquele que pensais que eu seja!
Mas vede: depois de mim vem aquele,
do qual nem mereço desamarrar as sandálias'.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

terça-feira, 19 de abril de 2016

1ª Leitura - At 12,24 - 13,5a - 20.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
4ª-feira da 4ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

Separai para mim Barnabé e Saulo.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 12,24 - 13,5a

Naqueles dias:
24A palavra do Senhor crescia e se espalhava cada vez mais.
25Barnabé e Saulo, tendo concluído seu ministério,
voltaram de Jerusalém,
trazendo consigo João, chamado Marcos.
13,1Na igreja de Antioquia, havia profetas e doutores.
Eram eles: Barnabé, Simeão, chamado o Negro,
Lúcio de Cirene, Manaém,
que fora criado junto com Herodes, e Saulo.
2Um dia, enquanto celebravam a liturgia,
em honra do Senhor, e jejuavam,
o Espírito Santo disse:
'Separai para mim Barnabé e Saulo,
a fim de fazerem o trabalho para o qual eu os chamei.'
3Então eles jejuaram e rezaram,
impuseram as mãos sobre Barnabé e Saulo,
e deixaram-nos partir.
4Enviados pelo Espírito Santo,
Barnabé e Saulo desceram a Selêucia
e daí navegaram para Chipre.
5aQuando chegaram a Salamina,
começaram a anunciar a Palavra de Deus
nas sinagogas dos judeus.
Eles tinham João como ajudante.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

segunda-feira, 18 de abril de 2016

1ª Leitura - At 11,19-26 - 19.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
3ª-feira da 4ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

Começaram a pregar também aos gregos,
anunciando-lhes a Boa Nova do Senhor Jesus.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 11,19-26

Naqueles dias:
19Aqueles que se haviam espalhado
por causa da perseguição que se seguiu à morte de Estêvão,
chegaram à Fenícia, à ilha de Chipre
e à cidade de Antioquia,
embora não pregassem a Palavra
a ninguém que não fosse judeu.
20Contudo, alguns deles,
habitantes de Chipre e da cidade de Cirene,
chegaram a Antioquia
e começaram a pregar também aos gregos,
anunciando-lhes a Boa Nova do Senhor Jesus.
21E a mão do Senhor estava com eles.
Muitas pessoas acreditaram no Evangelho
e se converteram ao Senhor.
22A notícia chegou aos ouvidos da Igreja
que estava em Jerusalém.
Então enviaram Barnabé até Antioquia.
23Quando Barnabé chegou
e viu a graça que Deus havia concedido,
ficou muito alegre e exortou a todos
para que permanecessem fiéis ao Senhor,
com firmeza de coração.
24É que ele era um homem bom,
cheio do Espírito Santo e de fé.
E uma grande multidão aderiu ao Senhor.
25Então Barnabé partiu para Tarso, à procura de Saulo.
26Tendo encontrado Saulo, levou-o a Antioquia.
Passaram um ano inteiro trabalhando juntos naquela Igreja,
e instruíram uma numerosa multidão.
Em Antioquia os discípulos foram, pela primeira vez,
chamados com o nome de cristãos.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

domingo, 17 de abril de 2016

1ª Leitura - At 11,1-18 - 18.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
2ª-feira da 4ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

Também aos pagãos Deus concedeu a conversão
que leva para a vida!

Leitura dos Atos dos Apóstolos 11,1-18

Naqueles dias:
1Os apóstolos e os irmãos, que viviam na Judéia,
souberam que também os pagãos
haviam acolhido a Palavra de Deus.
2Quando Pedro subiu a Jerusalém,
os fiéis de origem judaica
começaram a discutir com ele, dizendo:
3'Tu entraste na casa de pagãos e comeste com eles!'
4Então, Pedro começou a contar-lhes,
ponto por ponto, o que havia acontecido:
5'Eu estava na cidade de Jope
e, ao fazer oração, entrei em êxtase
e tive a seguinte visão:
vi uma coisa parecida com uma grande toalha
que, sustentada pelas quatro pontas,
descia do céu e chegava até junto de mim.
6Olhei atentamente e vi dentro dela
quadrúpedes da terra, animais selvagens,
répteis e aves do céu.
7Depois ouvi uma voz que me dizia:
'Levanta-te, Pedro, mata e come.'
8Eu respondi: 'De modo nenhum, Senhor!
Porque jamais entrou coisa profana e impura
na minha boca'.
9A voz me disse pela segunda vez:
'Não chames impuro o que Deus purificou'.
10Isso repetiu-se por três vezes.
Depois a coisa foi novamente levantada para o céu.
11Nesse momento, três homens se apresentaram
na casa em que nos encontrávamos.
Tinham sido enviados de Cesaréia, à minha procura.
12O Espírito me disse que eu fosse com eles sem hesitar.
Os seis irmãos que estão aqui me acompanharam
e nós entramos na casa daquele homem.
13Então ele nos contou que tinha visto um anjo
apresentar-se em sua casa e dizer:
'Manda alguém a Jope para chamar Simão,
conhecido como Pedro.
14Ele te falará de acontecimentos
que trazem a salvação
para ti e para toda a tua família'.
15Logo que comecei a falar,
o Espírito Santo desceu sobre eles,
da mesma forma que desceu sobre nós no princípio.
16Então eu me lembrei do que o Senhor havia dito:
'João batizou com água,
mas vós sereis batizados no Espírito Santo'.
17Deus concedeu a eles o mesmo dom que deu a nós
que acreditamos no Senhor Jesus Cristo.
Quem seria eu para me opor à ação de Deus?'
18Ao ouvirem isso, os fiéis de origem judaica se acalmaram
e glorificavam a Deus, dizendo:
'Também aos pagãos Deus concedeu a conversão
que leva para a vida!'
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

sábado, 16 de abril de 2016

1ª Leitura - At 13,14.43-52 - 17.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
4º Domingo da Páscoa
Cor: Branco

Eis que nos voltamos para os pagãos.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 13,14.43-52

Naqueles dias, Paulo e Barnabé
14partindo de Perge,
chegaram a Antioquia da Pisidia.
E, entrando na sinagoga em dia de sábado, sentaram-se.
43Muitos judeus e pessoas piedosas convertidas ao
judaísmo seguiram Paulo e Barnabé.
Conversando com eles, os dois insistiam
para que continuassem fiéis à graça de Deus.
44No sábado seguinte, quase toda a cidade se reuniu
para ouvir a palavra de Deus.
45Ao verem aquela multidão,
os judeus ficaram cheios de inveja
e, com blasfêmias, opunham-se ao que Paulo dizia.
46Então, com muita coragem,
Paulo e Barnabé declararam:
'Era preciso anunciar a palavra de Deus primeiro a vós.
Mas, como a rejeitais
e vos considerais indignos da vida eterna,
sabei que vamos dirigir-nos aos pagãos.
47Porque esta é a ordem que o Senhor nos deu:
'Eu te coloquei como luz para as nações,
para que leves a salvação
até os confins da terra'.'
48Os pagãos ficaram muito contentes,
quando ouviram isso,
e glorificavam a palavra do Senhor.
Todos os que eram destinados à vida eterna,
abraçaram a fé.
49Desse modo, a palavra do Senhor
espalhava-se por toda a região.
50Mas os judeus
instigaram as mulheres ricas e religiosas,
assim como os homens influentes da cidade,
provocaram uma perseguição contra Paulo e Barnabé
e expulsaram-nos do seu território.
51Então os apóstolos sacudiram contra eles
a poeira dos pés, e foram para a cidade de Icônio.
52Os discípulos, porém, ficaram cheios de alegria
e do Espírito Santo.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

sexta-feira, 15 de abril de 2016

1ª Leitura - At 9,31-42 - 16.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
Sábado da 3ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

A Igreja consolidava-se e
crescia em número com a ajuda do Espírito Santo.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 9,31-42

Naqueles dias:
31A Igreja, vivia em paz
em toda a Judéia, Galiléia e Samaria.
Ela consolidava-se e progredia no temor do Senhor
e crescia em número com a ajuda do Espírito Santo.
32Pedro percorria todos os lugares;
e visitou também os fiéis que moravam em Lida.
33Encontrou aí um homem chamado Enéias,
que estava paralítico
e, há oito anos, jazia numa cama.
34Pedro disse-lhe: 'Enéias,
Jesus Cristo te cura!
Levanta-te e arruma a tua cama!'
Imediatamente Enéias se levantou.
35Todos os habitantes de Lida e da região do Saron
viram isso e se converteram ao Senhor.
36Em Jope, havia uma discípula chamada Tabita,
nome que quer dizer Gazela.
Eram muitas as boas obras que fazia e as esmolas que dava.
37Naqueles dias ela ficou doente e morreu.
Então lavaram seu corpo
e o colocaram no andar superior da casa.
38Como Lida ficava perto de Jope,
e ouvindo dizer que Pedro estava lá,
os discípulos mandaram dois homens com um recado:
'Vem depressa até nós!'
39Pedro partiu imediatamente com eles.
Assim que chegou,
levaram-no ao andar superior,
onde todas as viúvas foram ao seu encontro.
Chorando, elas mostravam a Pedro
as túnicas e mantos que Tabita havia feito,
quando vivia com elas.
40Pedro mandou que todos saíssem.
Em seguida, pôs-se de joelhos e rezou.
Depois, voltou-se para o corpo e disse:
'Tabita, levanta-te!'
ela então abriu os olhos, viu Pedro e sentou-se.
41Pedro deu-lhe a mão e ajudou-a a levantar-se.
Depois chamou os fiéis e as viúvas
e apresentou-lhes Tabita viva.
42O fato ficou conhecido em toda a cidade de Jope
e muitos acreditaram no Senhor.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quinta-feira, 14 de abril de 2016

1ª Leitura - At 9,1-20 - 15.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
6ª-feira da 3ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

Esse homem é o instrumento que escolhi
para anunciar o meu nome aos pagãos.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 9,1-20

Naqueles dias:
1Saulo só respirava ameaças e morte
contra os discípulos do Senhor.
Ele apresentou-se ao Sumo sacerdote
2e pediu-lhe cartas de recomendação
para as sinagogas de Damasco,
a fim de levar presos para Jerusalém
os homens e mulheres
que encontrasse seguindo o Caminho.
3Durante a viagem, quando já estava perto de Damasco,
Saulo, de repente,
viu-se cercado por uma luz que vinha do céu.
4Caindo por terra, ele ouviu uma voz que lhe dizia:
'Saulo, Saulo, por que me persegues?'
5Saulo perguntou: 'Quem és tu, Senhor?'
A voz respondeu:
'Eu sou Jesus, a quem tu estás perseguindo.
6Agora, levanta-te, entra na cidade,
e ali te será dito o que deves fazer.'
7Os homens que acompanhavam Saulo
ficaram mudos de espanto,
porque ouviam a voz, mas não viam ninguém.
8Saulo levantou-se do chão
e abriu os olhos, mas não conseguia ver nada.
Então pegaram nele pela mão e levaram-no para Damasco.
9Saulo ficou três dias sem poder ver.
E não comeu nem bebeu.
10Em Damasco, havia um discípulo chamado Ananias.
O Senhor o chamou numa visão: 'Ananias!'
E Ananias respondeu: 'Aqui estou, Senhor!'
11O Senhor lhe disse:
'Levanta-te, vai à rua que se chama Direita
e procura, na casa de Judas,
por um homem de Tarso chamado Saulo.
Ele está rezando.'
12E, numa visão, Saulo contemplou
um homem chamado Ananias, entrando e impondo-lhe as mãos
para que recuperasse a vista.
13Ananias respondeu:
'Senhor, já ouvi muitos falarem desse homem
e do mal que fez aos teus fiéis
que estão em Jerusalém.
14E aqui em Damasco ele tem plenos poderes,
recebidos dos sumos sacerdotes,
para prender todos os que invocam o teu nome.'
15Mas o Senhor disse a Ananias:
'Vai, porque esse homem é um instrumento que escolhi
para anunciar o meu nome aos pagãos,
aos reis e ao povo de Israel.
16Eu vou mostrar-lhe
quanto ele deve sofrer por minha causa.'
17Então Ananias saiu, entrou na casa,
e impôs as mãos sobre Saulo, dizendo:
'Saulo, meu irmão, o Senhor Jesus,
que te apareceu quando vinhas no caminho,
ele me mandou aqui para que tu recuperes a vista
e fiques cheio do Espírito Santo.'
18Imediatamente caíram dos olhos de Saulo como que escamas
e ele recuperou a vista.
Em seguida, Saulo levantou-se e foi batizado.
19Tendo tomado alimento, sentiu-se reconfortado.
Saulo passou alguns dias com os discípulos de Damasco,
20e logo começou a pregar nas sinagogas,
afirmando que Jesus é o Filho de Deus.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quarta-feira, 13 de abril de 2016

1ª Leitura - At 8,26-40 - 14.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
5ª-feira da 3ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

Aqui temos água. O que impede que eu seja batizado?

Leitura dos Atos dos Apóstolos 8,26-40

Naqueles dias:
26Um anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo:
'Prepara-te e vai para o sul,
no caminho que desce de Jerusalém a Gaza.
O caminho é deserto'.
Filipe levantou-se e foi.
27Nisso apareceu um eunuco etíope,
ministro de Candace, rainha da Etiópia
e administrador geral do seu tesouro,
que tinha ido em peregrinação a Jerusalém.
28Ele estava voltando para casa
e vinha sentado no seu carro, lendo o profeta Isaías.
29Então o Espírito disse a Filipe:
'Aproxima-te desse carro e acompanha-o'.
30Filipe correu,
ouviu o eunuco ler o profeta Isaías e perguntou:
'Tu compreendes o que estás lendo?'
31O eunuco respondeu:
'Como posso, se ninguém mo explica?'
Então convidou Filipe a subir e a sentar-se junto a ele.
32A passagem da Escritura que o eunuco estava lendo
era esta: 'Ele foi levado como ovelha ao matadouro;
e qual um cordeiro diante do seu tosquiador,
ele emudeceu e não abriu a boca.
33Eles o humilharam e lhe negaram justiça;
e seus descendentes, quem os poderá enumerar?
Pois sua vida foi arrancada da terra'.
34E o eunuco disse a Filipe:
'Peço que me expliques
de quem o profeta está dizendo isso.
Ele fala de si mesmo ou se refere a algum outro?'
35Então Filipe começou a falar
e, partindo dessa passagem da Escritura,
anunciou Jesus ao eunuco.
36Eles prosseguiram o caminho
e chegaram a um lugar onde havia água.
Então o eunuco disse a Filipe:
'Aqui temos água. O que impede que eu seja batizado?'
38O eunuco mandou parar o carro.
Os dois desceram para a água
e Filipe batizou o eunuco.
39Quando saíram da água,
o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe.
O eunuco não o viu mais
e prosseguiu sua viagem, cheio de alegria.
40Filipe foi parar em Azoto.
E, passando adiante, evangelizava todas as cidades
até chegar a Cesaréia.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

terça-feira, 12 de abril de 2016

1ª Leitura - At 8, 1b-8 - 13.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
4ª-feira da 3ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

Iam por toda a parte, pregando a Palavra.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 8, 1b-8

1bNaquele dia começou uma grande perseguição
contra a Igreja de Jerusalém.
E todos, com exceção dos apóstolos, se dispersaram
pelas regiões da Judéia e da Samaria.
2Algumas pessoas piedosas sepultaram Estêvão
e observaram grande luto por causa dele.
3Saulo, porém, devastava a Igreja:
entrava nas casas e arrastava para fora homens e mulheres,
para atirá-los na prisão.
4Entretanto, aqueles que se tinham dispersado
iam por toda a parte, pregando a Palavra.
5Filipe desceu a uma cidade da Samaria
e anunciou-lhes o Cristo.
6As multidões seguiam com atenção
as coisas que Filipe dizia.
E todos unânimes o escutavam,
pois viam os milagres que ele fazia.
7De muitos possessos saíam os espíritos maus,
dando grandes gritos.
Numerosos paralíticos e aleijados também foram curados.
8Era grande a alegria naquela cidade.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

segunda-feira, 11 de abril de 2016

1ª Leitura - At 7,5l - 8,1a - 12.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
3ª-feira da 3ª Semana da Páscoa
Cor: Branco

Senhor Jesus, acolhe o meu espírito.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 7,5l - 8,1a

Naqueles dias, Estevão disse ao povo, aos anciãos
e aos doutores da lei:
51Homens de cabeça dura, insensíveis
e incircuncisos de coração e ouvido!
Vós sempre resististes ao Espírito Santo
e como vossos pais agiram, assim fazeis vós!
52A qual dos profetas vossos pais não perseguiram?
Eles mataram aqueles que anunciavam a vinda do Justo,
do qual, agora, vós vos tornastes traidores e assassinos.
53Vós recebestes a Lei, por meio de anjos,
e não a observastes!'
54Ao ouvir essas palavras, eles ficaram enfurecidos
e rangeram os dentes contra Estêvão.
55Estêvão, cheio do Espírito Santo,
olhou para o céu e viu a glória de Deus
e Jesus, de pé, à direita de Deus.
56E disse: 'Estou vendo o céu aberto,
e o Filho do Homem, de pé, à direita de Deus.'
57Mas eles, dando grandes gritos e, tapando os ouvidos,
avançaram todos juntos contra Estêvão;
58arrastaram-no para fora da cidade
e começaram a apedrejá-lo.
As testemunhas deixaram suas vestes
aos pés de um jovem, chamado Saulo.
59Enquanto o apedrejavam, Estêvão clamou dizendo:
'Senhor Jesus, acolhe o meu espírito.'
60Dobrando os joelhos, gritou com voz forte:
'Senhor, não os condenes por este pecado.'
E, ao dizer isto, morreu.
8,1aSaulo era um dos que aprovavam a execução de Estêvão.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

domingo, 10 de abril de 2016

1ª Leitura - At 6,8-15 - 11.04.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
2ª-feira da 3ª Semana da Páscoa
Sto. Estanislau, BMt, memória
Cor: Vermelho

Não conseguiam resistir à sabedoria
e ao Espírito com que ele falava.

Leitura dos Atos dos Apóstolos 6,8-15

Naqueles dias:
8Estêvão, cheio de graça e poder,
fazia prodígios e grandes sinais entre o povo.
9Mas alguns membros da chamada Sinagoga dos Libertos,
junto com cirenenses e alexandrinos,
e alguns da Cilícia e da Ásia,
começaram a discutir com Estêvão.
10Porém, não conseguiam
resistir à sabedoria e ao Espírito com que ele falava.
11Então subornaram alguns indivíduos, que disseram:
'Ouvimos este homem dizendo blasfêmias
contra Moisés e contra Deus.'
12Desse modo, incitaram o povo,
os anciãos e os doutores da Lei,
que prenderam Estêvão e o conduziram ao Sinédrio.
13Aí apresentaram falsas testemunhas, que diziam:
'Este homem não cessa de falar
contra este lugar santo e contra a Lei.
14E nós o ouvimos afirmar que Jesus Nazareno
ia destruir este lugar e ia mudar os costumes
que Moisés nos transmitiu.'
15Todos os que estavam sentados no Sinédrio
tinham os olhos fixos sobre Estêvão,
e viram seu rosto como o rosto de um anjo.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB