quarta-feira, 31 de agosto de 2016

1ª Leitura - 1Cor 3,18-23 - 01.09.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
5ª-feira da 22ª Semana
Tempo Comum
Cor: Verde

Tudo é vosso, mas vós sois de Cristo,
e Cristo é de Deus.

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 3,18-23

Irmãos:
18Ninguém se iluda:
Se algum de vós pensa que é sábio nas coisas deste mundo,
reconheça sua insensatez,
para se tornar sábio de verdade;
19pois a sabedoria deste mundo é insensatez diante de Deus.
Com efeito, está escrito:
'Aquele que apanha os sábios em sua própria astúcia',
20e ainda:
'O Senhor conhece os pensamentos dos sábios;
sabe que são vãos'.
21Portanto, que ninguém ponha a sua glória em homem algum.
Com efeito, tudo vos pertence:
22Paulo, Apolo, Cefas,
o mundo, a vida, a morte, o presente, o futuro,
tudo é vosso,
23mas vós sois de Cristo,
e Cristo é de Deus.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

terça-feira, 30 de agosto de 2016

1ª Leitura - 1Cor 3,1-9 - 31.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
4ª-feira da 22ª Semana
Tempo Comum
Cor: Verde

Nós somos cooperadores de Deus,
e vós sois lavoura de Deus, construção de Deus.

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 3,1-9

1Irmãos, não pude falar-vos como a pessoas espirituais.
Tive que vos falar como a pessoas carnais,
como a crianças na vida em Cristo.
2Pude oferecer-vos somente leite,
não alimento sólido,
pois ainda não éreis capazes de tomá-lo.
E nem atualmente sois capazes de receber alimento sólido,
3visto que ainda sois carnais.
As rivalidades e rixas que existem aí, no meio de vós,
acaso não mostram que sois carnais
e que procedeis de acordo com os impulsos naturais?
4Quando um declara: 'Eu sou de Paulo',
e outro : 'Eu sou de Apolo',
não estais procedendo como pessoas simplesmente naturais?
5Pois, o que é Apolo? O que é Paulo?
- Não passam de servidores, pelos quais chegastes à fé.
E cada um deles exerce seu serviço
segundo o dom recebido de Deus.
6Eu plantei, Apolo regou,
mas Deus é que fazia crescer.
7De modo que nem o que planta, nem o que rega
são, propriamente, importantes.
Quem é importante é aquele que faz crescer: Deus.
8Aquele que planta e aquele que rega formam uma unidade,
mas cada um receberá o seu próprio salário,
proporcional ao seu trabalho.
9Com efeito, nós somos cooperadores de Deus,
e vós sois lavoura de Deus, construção de Deus.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

1ª Leitura - 1Cor 2,10b-16 - 30.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
3ª-feira da 22ª Semana
Tempo Comum
Cor: Verde

O homem psíquico não é capaz de conhecer o que vem do Espírito;
ao contrário, o homem espiritual julga tudo.

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 2,10b-16

Irmãos:
10A nós Deus revelou esse mistério
através do Espírito.
Pois o Espírito esquadrinha tudo,
mesmo as profundezas de Deus.
11Quem dentre os homens
conhece o que se passa no homem
senão o espírito do homem que está nele?
Assim também, ninguém conhece o que existe em Deus,
a não ser o Espírito de Deus.
12Nós não recebemos o espírito do mundo,
mas recebemos o Espírito que vem de Deus,
para que conheçamos os dons da graça
que Deus nos concedeu.
13Desses dons também falamos,
não com palavras ensinadas pela sabedoria humana,
mas com a sabedoria aprendida do Espírito:
assim, ajustamos uma linguagem espiritual
às realidades espirituais.
14O homem psíquico
- o que fica no nível de suas capacidades naturais -
não aceita o que é do Espírito de Deus:
pois isso lhe parece uma insensatez.
Ele não é capaz de conhecer o que vem do Espírito,
porque tudo isso só pode ser julgado
com a ajuda do mesmo Espírito.
15Ao contrário, o homem espiritual
- enriquecido com o dom do Espírito -
julga tudo,
mas ele mesmo não é julgado por ninguém.
16Com efeito, quem conheceu o pensamento do Senhor,
de maneira a poder aconselhá-lo?
Nós, porém, temos o pensamento de Cristo.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

domingo, 28 de agosto de 2016

1ª Leitura - Jr 1,17-19 - 29.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
Martírio de São João Batista .
Memória
Cor: Vermelho

Comunica-lhes tudo que eu te mandar dizer:
não tenhas medo em sua presença.

Leitura do Livro do Profeta Jeremias 1,17-19

Naqueles dias a Palavra do Senhor foi-me dirigida:
17"Vamos, põe a roupa e o cinto,
levanta-te e comunica-lhes
tudo que eu te mandar dizer:
não tenhas medo,
senão, eu te farei tremer na presença deles.
18Com efeito, eu te transformarei hoje
numa cidade fortificada,
numa coluna de ferro,
num muro de bronze
contra todo o mundo,
frente aos reis de Judá e seus príncipes,
aos sacerdotes e ao povo da terra;
19eles farão guerra contra ti, mas não prevalecerão,
porque eu estou contigo
para defender-te",
diz o Senhor.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

sábado, 27 de agosto de 2016

1ª Leitura - Eclo 3,19-21.30-31 (gr. 17 -18.20.28-29) - 28.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
22º DOMINGO
Tempo Comum
Cor: Verde

Sê humilde e encontrarás graça diante do Senhor.

Leitura do Livro do Eclesiástico 3,19-21.30-31 (gr. 17 -18.20.28-29)

19Filho, realiza teus trabalhos com mansidão
e serás amado mais do que um homem generoso.
20Na medida em que fores grande,
deverás praticar a humildade,
e assim encontrarás graça diante do Senhor.
Muitos são altaneiros e ilustres,
mas é aos humildes que ele revela seus mistérios.
21Pois grande é o poder do Senhor,
mas ele é glorificado pelos humildes.
30Para o mal do orgulhoso não existe remédio,
pois uma planta de pecado está enraizada nele,
e ele não compreende.
31O homem inteligente
reflete sobre as palavras dos sábios,
e com ouvido atento deseja a sabedoria.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

1ª Leitura - 1Cor 1,26-31 - 27.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
Sábado da 21ª Semana
Tempo Comum
Sta. Mônica, memória
Cor: Branco

Deus escolheu o que o mundo considera como estúpido.

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 1,26-31

26Irmãos, considerai vós mesmos,
como fostes chamados por Deus.
Pois entre vós não há muitos sábios de sabedoria humana
nem muitos poderosos nem muitos nobres.
27Na verdade,
Deus escolheu o que o mundo considera como estúpido,
para assim confundir os sábios;
Deus escolheu o que o mundo considera como fraco,
para assim confundir o que é forte;
28Deus escolheu o que para o mundo
é sem importância e desprezado,
o que não tem nenhuma serventia,
para assim mostrar a inutilidade
do que é considerado importante,
29para que ninguém possa gloriar-se diante dele.
30É graças a ele que vós estais em Cristo Jesus,
o qual se tornou para nós, da parte de Deus:
sabedoria, justiça, santificação e libertação,
31para que, como está escrito,
'quem se gloria, glorie-se no Senhor'.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

1ª Leitura - 1Cor 1,17-25 - 26.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
6ª-feira da 21ª Semana
Tempo Comum
Cor: Verde

Pregamos Cristo crucificado, escândalo para os homens,
mas para os que são chamados, sabedoria de Deus.

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 1,17-25

Irmãos:
17De fato, Cristo não me enviou para batizar,
mas para pregar a boa nova da salvação,
sem me valer dos recursos da oratória,
para não privar a cruz de Cristo da sua força própria.
18A pregação a respeito da cruz
é uma insensatez para os que se perdem,
mas para os que se salvam,
para nós, ela é poder de Deus.
19Com efeito, está escrito:
'Destruirei a sabedoria dos sábios
e frustrarei a perspicácia dos inteligentes'.
20Onde está o sábio?
Onde o mestre da Lei?
Onde o questionador deste mundo?
Acaso Deus não mostrou a insensatez da sabedoria do mundo?
21De fato, na manifestação da sabedoria de Deus,
o mundo não chegou a conhecer Deus por meio da sabedoria;
por isso, Deus houve por bem salvar os que crêem
por meio da insensatez da pregação.
22Os judeus pedem sinais milagrosos,
os gregos procuram sabedoria;
23nós, porém, pregamos Cristo crucificado,
escândalo para os judeus e insensatez para os pagãos.
24Mas para os que são chamados,
tanto judeus como gregos,
esse Cristo é poder de Deus
e sabedoria de Deus.
25Pois o que é dito insensatez de Deus
é mais sábio do que os homens,
e o que é dito fraqueza de Deus
é mais forte do que os homens.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

1ª Leitura - 1Cor 1,1-9 - 25.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
5ª-feira da 21ª Semana
Tempo Comum
Cor: Verde

Nele fostes enriquecidos em tudo.

Início da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 1,1-9

1Paulo, chamado a ser apóstolo de Jesus Cristo,
por vontade de Deus,
e o irmão Sóstenes,
2à Igreja de Deus que está em Corinto:
aos que foram santificados em Cristo Jesus,
chamados a ser santos
junto com todos que, em qualquer lugar,
invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo,
Senhor deles e nosso.
3Para vós, graça e paz,
da parte de Deus, nosso Pai,
e do Senhor Jesus Cristo.
4Dou graças a Deus sempre a vosso respeito,
por causa da graça que Deus vos concedeu
em Cristo Jesus:
5Nele fostes enriquecidos em tudo,
em toda a palavra e em todo o conhecimento,
6à medida que o testemunho sobre Cristo
se confirmou entre vós.
7Assim, não tendes falta de nenhum dom,
vós que aguardais a revelação do Senhor nosso, Jesus Cristo.
8É ele também que vos dará perseverança
em vosso procedimento irrepreensível,
até ao fim, até ao dia de nosso Senhor, Jesus Cristo.
9Deus é fiel;
por ele fostes chamados à comunhão com seu Filho,
Jesus Cristo, Senhor nosso.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

terça-feira, 23 de agosto de 2016

1ª Leitura - Ap 21,9b-14 - 24.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
São Bartolomeu, Apóstolo .
Festa
Cor: Vermelho

A muralha da cidade tinha doze alicerces,
e sobre eles estavam escritos
os nomes dos doze
apóstolos do Cordeiro.

Leitura do Livro do Apocalipse de São João 21,9b-14

9bUm anjo falou comigo e disse: "Vem!
Vou mostrar-te a noiva, a esposa do Cordeiro".
10Então me levou em espírito
a uma montanha grande e alta.
Mostrou-me a cidade santa, Jerusalém,
descendo do céu, de junto de Deus,
11brilhando com a glória de Deus.
Seu brilho era como o de uma pedra preciosíssima,
como o brilho de jaspe cristalino.
12Estava cercada por uma muralha maciça e alta,
com doze portas.
Sobre as portas estavam doze anjos,
e nas portas estavam escritos os nomes
das doze tribos de Israel.
13Havia três portas do lado do oriente,
três portas do lado norte,
três portas do lado sul
e três portas do lado do ocidente.
14A muralha da cidade tinha doze alicerces,
e sobre eles estavam escritos
os nomes dos doze apóstolos do Cordeiro.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

1ª Leitura - 2Cor 10,17-11,2 - 23.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
Santa Rosa de Lima, virgem .
Festa
Cor: Branco

Eu vos desposei a um único esposo,
apresentando-vos a Cristo como virgem pura.

Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios 10,17-11,2

Irmãos:
17Quem se gloria, glorie-se no Senhor.
18Pois é aprovado só aquele que o Senhor recomenda
e não aquele que se recomenda a si mesmo.
11,1Oxalá pudésseis suportar um pouco de insensatez,
da minha parte.
Na verdade, vós me suportais.
2Sinto por vós um amor ciumento
semelhante ao amor que Deus vos tem.
Fui eu que vos desposei a um único esposo,
apresentando-vos a Cristo como virgem pura.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

Leia também:
Mensagens de Fé

domingo, 21 de agosto de 2016

1ª Leitura - Is 9,1-6 - 22.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
Nossa Senhora, Rainha .
Memória
Cor: Branco

Foi-nos dado um filho.

Leitura do Livro do Profeta Isaías 9,1-6

1O povo, que andava na escuridão,
viu uma grande luz;
para os que habitavam nas sombras da morte,
uma luz resplandeceu.
2Fizeste crescer a alegria, e aumentaste a felicidade;
todos se regozijam em tua presença
como alegres ceifeiros na colheita,
ou como exaltados guerreiros ao dividirem os despojos.
3Pois o jugo que oprimia o povo,
- a carga sobre os ombros, o orgulho dos fiscais -
tu os abateste como na jornada de Madiã.
4Botas de tropa de assalto,
trajes manchados de sangue,
tudo será queimado e devorado pelas chamas.
5Porque nasceu para nós um menino,
foi-nos dado um filho;
ele traz aos ombros a marca da realeza;
o nome que lhe foi dado é:
Conselheiro admirável, Deus forte,
Pai dos tempos futuros, Príncipe da Paz.
6Grande será o seu reino e a paz não há de ter fim
sobre o trono de Davi e sobre o seu reinado,
que ele irá consolidar e confirmar
em justiça e santidade,
a partir de agora e para todo o sempre.
O amor zeloso do Senhor dos exércitos
há de realizar estas coisas.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

sábado, 20 de agosto de 2016

1ª Leitura - Ap 11,19a; 12,1-6a.10ab - 21.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
Assunção de Nossa Senhora .
Solenidade
Cor: Branco

Apareceu no céu um grande sinal.

Leitura do Livro do Apocalipse de São João 11,19a; 12,1-6a.10ab

19aAbriu-se o Templo de Deus que está no céu
e apareceu no Templo a arca da Aliança.
12,1Então apareceu no céu um grande sinal:
uma mulher vestida de sol,
tendo a lua debaixo dos pés
e sobre a cabeça uma coroa de doze estrelas.
2Estava grávida
e gritava em dores de parto,
atormentada para dar à luz.
3Então apareceu outro sinal no céu:
um grande Dragão, cor de fogo.
Tinha sete cabeças e dez chifres
e, sobre as cabeças, sete coroas.
4Com a cauda, varria a terça parte das estrelas do céu,
atirando-as sobre a terra.
O Dragão parou diante da Mulher
que estava para dar à luz,
pronto para devorar o seu Filho,
logo que nascesse.
5E ela deu à luz um filho homem,
que veio para governar todas as naçðes
com cetro de ferro.
Mas o Filho foi levado para junto de Deus e do seu trono.
6aA mulher fugiu para o deserto,
onde Deus lhe tinha preparado um lugar.
10abOuvi então uma voz forte no céu, proclamando:
"Agora realizou-se a salvação,
a força e a realeza do nosso Deus,
e o poder do seu Cristo".
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

1ª Leitura - Ez 43,1-7a - 20.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
Sábado da 20ª Semana
Tempo Comum
São Bernardo AbDr, memória
Cor: Branco

A glória do Senhor entrou no Templo.

Leitura da Profecia de Ezequiel 43,1-7a

1O homem conduziu-me até a porta da casa do Senhor
que dá para o nascente,
2e eu vi a glória do Deus de Israel,
vinda do oriente;
um ruído a acompanhava,
semelhante ao ruído de águas caudalosas,
e a terra brilhava com a sua glória.
3A visão era idêntica à visão que tive
quando ele veio destruir a cidade,
bem como à visão que tive junto ao rio Cobar;
e eu caí com o rosto no chão.
4A glória do Senhor entrou no Templo
pela porta que dá para o nascente.
5Então o espírito raptou-me
e me levou para dentro do pátio interno
e eu vi que o Templo ficou cheio da glória do Senhor.
6Ouvi alguém falando-me de dentro do Templo,
enquanto o homem esteve de pé junto a mim.
7aEle me disse:
'Filho do homem, este é o lugar do meu trono,
é o lugar em que coloco a planta dos meus pés,
o lugar onde habitarei para sempre no meio dos israelitas.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

1ª Leitura - Ez 37,1-14 - 19.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
6ª-feira da 20ª Semana
Tempo Comum
Cor: Verde

Ossos ressequidos, escutai a palavra do Senhor!
Vou abrir as vossas sepulturas
e conduzir-vos para a terra de Israel.

Leitura da Profecia de Ezequiel 37,1-14

Naqueles dias:
1A mão do Senhor estava sobre mim
e por seu espírito ele me levou para fora
e me deixou no meio de uma planície cheia de ossos
2e me fez andar no meio deles em todas as direções.
Havia muitíssimos ossos na planície
e estavam ressequidos.
3Ele me perguntou:
'Filho do homem,
será que estes ossos podem voltar à vida?'
E eu respondi:
'Senhor Deus, só tu o sabes'.
4E ele me disse:
'Profetiza sobre estes ossos e dize:
Ossos ressequidos,
escutai a palavra do Senhor!
5Assim diz o Senhor Deus a estes ossos:
Eu mesmo vou fazer entrar um espírito em vós
e voltareis à vida.
6Porei nervos em vós, farei crescer carne
e estenderei a pele por cima.
Porei em vós um espírito, para que possais voltar à vida.
Assim sabereis que eu sou o Senhor'.
7Profetizei como me foi ordenado.
Enquanto eu profetizava,
ouviu-se primeiro um rumor,
e logo um estrondo,
quando os ossos se aproximaram uns dos outros.
8Olhei e vi nervos e carne crescendo sobre os ossos
e, por cima, a pele que se estendia.
Mas não tinham nenhum sopro de vida.
9Ele me disse:
'Profetiza para o espírito, profetiza, filho do homem!
Dirás ao espírito:
Assim diz o Senhor Deus:
Vem dos quatro ventos, ó espírito,
vem soprar sobre estes mortos,
para que eles possam voltar à vida'.
10Profetizei como me foi ordenado,
e o espírito entrou neles.
Eles voltaram à vida e puseram-se de pé:
era uma imensa multidão!
11Então ele me disse:
'Filho do homem,
estes ossos são toda a casa de Israel.
É isto que eles dizem:
'Nossos ossos estão secos, nossa esperança acabou,
estamos perdidos!
12Por isso, profetiza e dize-lhes:
Assim fala o Senhor Deus:
Ó meu povo,
vou abrir as vossas sepulturas
e conduzir-vos para a terra de Israel;
13e quando eu abrir as vossas sepulturas
e vos fizer sair delas,
sabereis que eu sou o Senhor.
14Porei em vós o meu espírito,
para que vivais e vos colocarei em vossa terra.
Então sabereis que eu, o Senhor, digo e faço
- oráculo do Senhor'.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

1ª Leitura - Ez 36,23-28 - 18.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
5ª-feira da 20ª Semana
Tempo Comum
Cor: Verde

Eu vos darei um coração novo
e porei um espírito novo dentro de vós.

Leitura da Profecia de Ezequiel 36,23-28

Assim fala o Senhor:
23Vou mostrar a santidade do meu grande nome,
que profanastes no meio das nações.
As nações saberão que eu sou o Senhor.
- oráculo do Senhor Deus -
quando eu manifestar minha santidade
à vista delas por meio de vós.
24Eu vos tirarei do meio das nações,
vos reunirei de todos os países,
e vos conduzirei para a vossa terra.
25Derramarei sobre vós uma água pura,
e sereis purificados.
Eu vos purificarei de todas as impurezas
e de todos os ídolos.
26Eu vos darei um coração novo
e porei um espírito novo dentro de vós.
Arrancarei do vosso corpo o coração de pedra
e vos darei um coração de carne;
27porei o meu espírito dentro de vós
e farei com que sigais a minha lei
e cuideis de observar os meus mandamentos.
28Habitareis no país que dei a vossos pais.
Sereis o meu povo e eu serei o vosso Deus.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

terça-feira, 16 de agosto de 2016

1ª Leitura - Ez 34,1-11 - 17.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
4ª-feira da 20ª Semana
Tempo Comum
Cor: Verde

Vou libertar da boca deles as minhas ovelhas,
para não mais lhes servirem de alimento.

Leitura da Profecia de Ezequiel 34,1-11

1A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:
2'Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel!
Profetiza, dizendo-lhes:
Assim fala o Senhor Deus aos pastores:
Ai dos pastores de Israel,
que se apascentam a si mesmos!
Não são os pastores que devem apascentar as ovelhas?
3Vós vos alimentais com o seu leite,
vestis a sua lã e matais os animais gordos,
mas não apascentais as ovelhas.
4Não fortalecestes a ovelha fraca,
não curastes a ovelha doente,
nem enfaixastes a ovelha ferida.
Não trouxestes de volta a ovelha extraviada,
não procurastes a ovelha perdida;
ao contrário, dominastes sobre elas com dureza e brutalidade.
5As ovelhas dispersaram-se por falta de pastor;
tornando-se presa de todos os animais selvagens.
6Minhas ovelhas vaguearam sem rumo
por todos os montes e colinas elevadas.
Dispersaram-se minhas ovelhas por toda a extensão do país,
e ninguém perguntou por elas,
nem as procurou.
7Por isso, ó pastores, escutai a palavra do Senhor:
8Eu juro por minha vida
- oráculo do Senhor Deus -
já que minhas ovelhas foram entregues à pilhagem
e se tornaram presa de todos os animais selvagens,
por falta de pastor;
e porque os meus pastores
não procuraram as minhas ovelhas,
mas apascentaram-se a si mesmos
e não as ovelhas,
9por isso, ó pastores, escutai a palavra do Senhor!
10Assim diz o Senhor Deus:
Aqui estou para enfrentar os pastores
e reclamar deles as minhas ovelhas.
Vou tirar-lhes o ofício de pastor,
e eles não mais poderão apascentar-se a si mesmos.
Vou libertar da boca deles as minhas ovelhas,
para não mais lhes servirem de alimento.
11Assim diz o Senhor Deus:
Vede! Eu mesmo vou procurar minhas ovelhas
e tomar conta delas.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

1ª Leitura - Ez 28,1-10 - 16.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
3ª-feira da 20ª Semana
Tempo Comum
Cor: Verde

Tu és um homem e não um deus;
mas pensaste ter a mente igual à de um deus.

Leitura da Profecia de Ezequiel 28,1-10

1A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:
2'Filho do homem, dize ao príncipe da cidade de Tiro:
Assim fala o Senhor Deus:
Porque o teu coração se tornou orgulhoso,
tu disseste:
'Eu sou um deus
e ocupo o trono divino no coração dos mares.
Tu, porém, és um homem e não um deus,
mas pensaste ter a mente igual à de um deus.
3Sim, tu és mais sábio do que Daniel!
Segredo algum te é obscuro.
4Com talento e habilidade adquiriste uma fortuna,
acumulaste ouro e prata em teus tesouros.
5Com grande tino comercial aumentaste tua fortuna,
e com ela teu coração se tornou soberbo.
6Por isso, assim diz o Senhor Deus:
Por teres igualado tua mente à de um deus,
7vou trazer contra ti
os povos mais violentos dos estrangeiros.
Eles puxarão suas espadas contra a tua bela sabedoria
e profanarão o teu esplendor.
8Eles te farão baixar à cova,
e morrerás de morte violenta no coração dos mares.
9Porventura, ousarás dizer:
'Sou um deus! na presença de teus algozes,
tu que és um homem e não deus,
nas mãos dos que te apunhalam?
10Morrerás da morte dos incircuncisos,
pela mão de estrangeiros,
pois fui eu que falei
- oráculo do Senhor Deus'.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

domingo, 14 de agosto de 2016

1ª Leitura - Ez 24,15-24 - 15.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
2ª-feira da 20ª Semana
Tempo Comum
Cor: Verde

Ezequiel servirá para vós como sinal:
fareis exatamente o que ele fez.

Leitura da Profecia de Ezequiel 24,15-24

15A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:
16'Filho do homem, vou tirar de ti,
por um mal súbito,
o encanto de teus olhos.
Mas não deverás lamentar-te
nem chorar ou derramar lágrimas.
17Geme em silêncio, sem fazer o luto dos mortos.
Põe o turbante na cabeça,
calça as sandálias nos pés,
sem encobrir a barba, nem comer o pão dos enlutados.'
18Eu tinha falado ao povo pela manhã,
e à tarde minha esposa morreu.
Na manhã seguinte, fiz como me foi ordenado.
19Então o povo perguntou-me:
'Não nos vais explicar o que têm a ver conosco
as coisas que tu fazes?'
20Eu respondi-lhes:
'A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:
21Fala à casa de Israel: Assim diz o Senhor Deus:
Vou profanar o meu santuário, o objeto do vosso orgulho,
o encanto de vossos olhos,
o alento de vossas vidas.
Os filhos e as filhas que lá deixastes,
tombarão pela espada.
22E fareis assim como eu fiz:
Não cobrireis a barba,
nem comereis o pão dos enlutados,
23levareis o turbante na cabeça, as sandálias nos pés,
sem vos lamentar nem chorar.
Definhareis por causa de vossas próprias culpas,
gemendo uns para os outros.
24Ezequiel servirá para vós como sinal:
Fareis exatamente o que ele fez;
quando isso acontecer,
sabereis que eu sou o Senhor Deus.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

sábado, 13 de agosto de 2016

1ª Leitura - Jr 38,4-6.8-10 - 14.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
20º DOMINGO Tempo Comum
Cor: Verde

Geraste, em todo o país, um homem de controvérsia.

Leitura do Livro do Profeta Jeremias 38,4-6.8-10

Naqueles dias:
4Disseram os príncipes ao rei:
'Pedimos que seja morto este homem;
ele anda com habilidade lançando o desânimo
entre os combatentes que restaram na cidade
e sobre todo o povo,
dizendo semelhantes palavras;
este homem, portanto,
não se propõe o bem-estar do povo,
mas sim a desgraça.'
5Disse o rei Sedecias:
'Ele está em vossas mãos;
o rei nada vos poderá negar.'
6Agarraram então Jeremias
e lançaram-no na cisterna de Melquias, filho do rei,
que havia no pátio da guarda,
fazendo-o descer por meio de cordas.
Na cisterna não havia água, somente lama;
e assim ia-se Jeremias afundando na lama.
8Ebed-Melec saiu da casa do rei
e veio ter com ele, e falou-lhe:
9'Â rei, meu senhor,
muito mal procederam esses homens
em tudo o que fizeram contra o profeta Jeremias,
lançando-o na cisterna para aí morrer de fome;
não há mais pão na cidade.'
10O rei deu, então, esta ordem
ao etíope Ebed-Melec :
'Leva contigo trinta homens
e tira da cisterna o profeta Jeremias,
antes que morra.'
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

1ª Leitura - Ez 18,1-10.13b.30-32 - 13.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
Sábado da 19ª Semana
Tempo Comum
S. Maximiliano Maria Koelbe PresbMet, memória
Cor: Verde

Vou julgar cada um de vós segundo a sua conduta.

Leitura da Profecia de Ezequiel 18,1-10.13b.30-32

1A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:
2'Que provérbio é esse que andais repetindo em Israel:
'Os pais comeram uvas verdes,
e os dentes dos filhos ficaram embotados?
3Juro por minha vida
- oráculo do Senhor Deus -
já não haverá quem repita esse provérbio em Israel.
4Todas as vidas me pertencem.
Tanto a vida do pai como a vida do filho são minhas.
Aquele que pecar, é que deve morrer.
5Se um homem é justo e pratica o direito e a justiça,
6não participa de refeições rituais sobre os montes,
não levanta os olhos para os ídolos da casa de Israel,
não desonra a mulher do próximo,
nem se aproxima da mulher menstruada;
7se não oprime ninguém, devolve o penhor devido,
não pratica roubos, dá alimento ao faminto
e cobre de vestes o que está nu;
8se não empresta com usura, nem cobra juros,
afasta sua mão da injustiça,
e julga imparcialmente entre homem e mulher;
9se vive conforme as minhas leis
e guarda os meus preceitos,
praticando-os fielmente,
tal homem é justo e, com certeza, viverá
- oráculo do Senhor Deus.
10Mas, se tiver um filho violento e assassino,
que pratica uma dessas ações,
11embora o pai não as tenha praticado,
e participa de refeições rituais sobre os montes,
desonra a mulher do próximo,
12oprime o pobre e o necessitado,
pratica a rapina, não devolve o penhor,
levanta os olhos para os ídolos, faz coisas abomináveis,
13btal filho de modo algum viverá.
Porque fez todas essas coisas abomináveis,
com certeza, morrerá;
ele é responsável pela sua própria morte.
30Pois bem, vou julgar cada um de vós, ó casa de Israel,
segundo a sua conduta
- oráculo do Senhor Deus.
Arrependei-vos, convertei-vos de todas as vossas transgressões,
a fim de não terdes ocasião de cair em pecado.
31Afastai-vos de todos os pecados que praticais.
Criai para vós um coração novo
e um espírito novo.
Por que haveis de morrer, ó casa de Israel?
32Pois eu não sinto prazer na morte de ninguém
- oráculo do Senhor Deus.
Convertei-vos e vivereis!
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

1ª Leitura - Ez 16,1-15.60.63 - 12.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
6ª-feira da 19ª Semana
Tempo Comum
Cor: Verde

A tua beleza era perfeita,
devido ao esplendor com que te cobri;
e te prostituíste.

Leitura da Profecia de Ezequiel 16,1-15.60.63

1A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:
2'Filho do homem, mostra a Jerusalém suas abominações.
3Dirás: Assim fala o Senhor Deus a Jerusalém:
Por tua origem e nascimento és do país de Canaã.
Teu pai era um amorreu e tua mãe uma hitita.
4E como foi o teu nascimento?
Quando nasceste, não te cortaram o cordão umbilical,
não foste banhada em água,
nem esfregada com salmoura nem envolvida em faixas.
5Ninguém teve dó de ti,
nem te prestou algum desses serviços por compaixão.
Ao contrário, no dia em que nasceste,
eles te deixaram exposta em campo aberto,
porque desprezavam a tua vida.
6Então, eu passei junto de ti
e vi que te debatias no próprio sangue.
E enquanto estavas em teu sangue,
eu te disse: 'Vive!'
7Eu te fiz crescer exuberante como planta silvestre.
Tu cresceste e te desenvolveste,
e chegaste à puberdade.
Teus seios se firmaram e os pelos cresceram;
mas estavas inteiramente nua.
8Passando junto de ti,
percebi que tinhas chegado à idade do amor.
Estendi meu manto sobre ti para cobrir tua nudez.
Fiz um juramento, estabelecendo uma aliança contigo
- oráculo do Senhor - e tu foste minha.
9Banhei-te na água, limpei-te do sangue
e ungi-te com perfume.
10Eu te revesti de roupas bordadas,
calcei-te com sandálias de fino couro,
cingi-te de linho e te cobri de seda.
11Eu te enfeitei de jóias,
coloquei braceletes em teu braços e um colar no pescoço.
12Eu te pus um anel no nariz, brincos nas orelhas
e uma coroa magnífica na cabeça.
13Estavas enfeitada de ouro e prata,
tuas vestimentas eram de linho finíssimo,
de seda e de bordados.
Eu te nutria com flor de farinha, mel e óleo.
Ficaste cada vez mais bela e chegaste à realeza.
14Tua fama se espalhou entre as nações
por causa de tua beleza perfeita,
devido ao esplendor com que te cobri
- oráculo do Senhor.
15Mas puseste tua confiança na beleza
e te prostituiste graças à tua fama.
E sem pudor te oferecias a qualquer passante.
60Eu, porém, me lembrarei de minha aliança contigo,
quando ainda eras jovem,
e vou estabelecer contigo uma aliança eterna.
63É para que te recordes e te envergonhes,
e na tua confusão não abras mais a boca,
quando eu te houver perdoado tudo o que fizeste,
- oráculo do Senhor Deus.'
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

1ª Leitura - Ez 12,1-12 - 11.08.2016

Leia também: LITURGIA DA PALAVRA
5ª-feira da 19ª Semana
Tempo Comum
Cor: Verde

Prepara para ti uma bagagem de exilado,
em pleno dia, à vista deles.

Leitura da Profecia de Ezequiel 12,1-12

1A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:
2'Filho do homem, estás morando no meio de um povo rebelde.
Eles têm olhos para ver e não vêem,
ouvidos para ouvir e não ouvem,
pois são um povo rebelde.
3Quanto a ti, Filho do homem,
prepara para ti uma bagagem de exilado,
em pleno dia, à vista deles.
Emigrarás do lugar onde estás,
à vista deles, para outro lugar.
Talvez percebam que são um povo rebelde.
4Deverás tirar a bagagem em pleno dia, à vista deles,
como se fosse a bagagem de um exilado.
Mas deverás sair à tarde, à vista deles,
como quem vai para o exílio.
5É vista deles deverás cavar para ti um buraco no muro,
pelo qual sairás;
6deverás carregar a bagagem nas costas
e retirá-la no escuro.
Deverás cobrir a face para não ver o país,
pois eu fiz de ti um sinal para a casa de Israel'.
7Eu fiz assim como me foi ordenado.
Tirei a bagagem durante o dia,
como se fosse a bagagem de exilado;
à tarde, abri com a mão um buraco no muro.
Saí ao escuro,
carregando a bagagem às costas, diante deles.
8De manhã, a palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:
9'Filho do homem, não te perguntaram os da casa de Israel,
essa gente rebelde,
o que estavas fazendo?
10Dize-lhes: Assim fala o Senhor Deus:
Este oráculo refere-se ao príncipe de Jerusalém
e a toda a casa de Israel que está na cidade.
11Dize: Eu sou um sinal para vós.
Assim como eu fiz, assim será feito com eles:
irão cativos para o exílio.
12O príncipe que está no meio deles
levará a bagagem às costas e sairá ao escuro.
Farão no muro um buraco para sair por ele.
O príncipe cobrirá o rosto
para não ver com seus olhos o país.
Palavra do Senhor.
Fonte CNBB